0


Não me recordo sinceramente de ter tomado disto, e por todos os relatos que já ouvi, estaria por certo nas minhas lembranças, já que todos que o tomaram, ainda hoje se lembram do seu horrível sabor. O Óleo de Fígado de Bacalhau, foi o terror de muita criança entre as décadas de 60 e 80, altura em que começou a deixar de ser usado com tanta frequência.

Existia na forma de xarope e de cápsulas, há quem diga que existiam variantes com sabor a banana (que atenuava o outro sabor), e que recebiam por norma uma colher de açúcar de seguida, para adoçar a boca. O sentido de em Portugal existir um consumo, quase obrigatório, do Óleo de fígado de bacalhau não fazia muito sentido, já que pesquisando sobre o assunto, constato que o seu uso deve-se sobretudo a quem tenha falta de Vitamina D, ou seja, pouca exposição ao sol.

Não se pode dizer que Portugal tenha por isso uma grande necessidade de tomar isto, mas o certo é que muitos tomaram e recordam-se com pavor desses tempos. As justificações eram as de sempre, "vai-te fazer bem", "ajuda-te a crescer", etc. Quem tomou disto?


















Enviar um comentário Blogger