0

Hoje relembrar uma daquelas brincadeiras de outros tempos, um jogo que só seria possível naquela altura, e que implicava crianças andarem com pregos na mão.

O jogo do Prego, ou do Espeta, era jogado pelo Inverno, altura em que a terra estava mais propícia a deixar que um prego ficasse espetado, depois de atirado ao ar. Por norma era jogado por um grupo de rapazes (não digo que por vezes não houvesse raparigas lá pelo meio), mas era um daqueles jogos que bastava duas pessoas para a coisa se poder jogar, apenas não era tão divertido.

Só era preciso um prego para cada um dos jogadores, e depois eram desenhados semi-círculos no chão, também designados por castelos, um por cada um dos participantes. O objectivo era contornar todos, e regressar ao seu, espetando o prego no chão sucessivas vezes, bastava atirar o mesmo e esperar que ficasse pregado em pé.

Outra situação que me recordo, era de uma variante do jogo da malha, onde quem acertasse com o prego no prego adversário, eliminava este da partida. Quem mais jogava isto?














Enviar um comentário Blogger