0

Um dos meus filmes preferidos, com um Bill Murray em grande forma e um conceito interessante,  o de fazer alguém viver o mesmo dia anos a fio. Neste período a personagem de Murray passou por várias fases, como fazer tudo o que queria sem medos das consequências e o de se querer aprimorar para poder conquistar alguém e quebrar o ciclo onde se encontrava.

Groundhog day estreou a 12 de Fevereiro de 1993, 10 dias depois do dia que dá nome ao filme, um dia em que as pessoas olham para uma marmota para saberem se o inverno acaba mais cedo ou ainda vai continuar. Realizado por Harold Ramis, tinha Bill Murray e Andy MacDowell nos principais papéis e tornou-se um dos filmes mais rentáveis do ano, para além de se tornar um filme de culto ao longo dos anos.

No filme Murray é o meteorologista de um canal de televisão, destacado para fazer a cobertura de Groundhog Day numa terriinha conhecida por todos os anos ter uma marmota que prevê a duração do inverno. No dia a seguir acorda com o rádio a dar a mesma música e pensa que se enganaram, ate ver que todos ao seu redor se comportam como se fosse o dia da marmota e volta a ter que cobrir o mesmo evento. Não são precisos muitos dias para perceber que está sempre a viver o mesmo dia, e decide então tirar proveito disso, roubando bancos, suicidando-se várias vezes ou tendo sexo com mulheres da região.


Mais tarde percebe que está apaixonado pela sua produtora, e tenta a conquistar melhorando-se a si mesmo, aprendendo diversos ofícios e decorando os gostos pessoas dela para no dia a seguir surpreende-la e esperando assim quebrar esse ciclo, tornando-se uma pessoa melhor. Segundo alguns fãs, isso tudo durou quase 34 anos e vemos nesse período acontecer de tudo um pouco.

Foram muitos actores considerados para o papel, mas Ramis achou-os todos "bons" demais e Murray tinha aquele cinismo necessário para a personagem. Aliás em muitas cenas quando o realizador a tentava explicar ao actor, ele só dizia "Bom Phil ou mau Phil?". Quem mais gostou de ver o filme?










Enviar um comentário Blogger