0

Foram uma das bandas Brasileiras que marcaram os anos 80, os Roupa Nova tiveram sucesso atrás de sucesso e mantiveram até hoje uma legião de fãs. Para além disso, fazem parte de um grupo restrito de grupos conhecidos que tiveram sempre a mesma formação.

Depois de alguns dos elementos terem actuado no final da década de 70 no grupo Famks, é em Agosto de 1980 que surge pela primeira vez os Roupa Nova. Sediada no Rio de Janeiro, apostaram em elementos do Pop, do Rock e da MPB para se iniciarem num caminho que iria ser de muito sucesso, tornando-se por exemplo nos recordistas de músicas para banda sonora de Telenovelas, são mais de 30 sendo que Dona de Roque Santeiro e Coração Pirata de Rainha da Sucata umas das com maior êxito.

Paulinho (Voz, vocais e percussão), Serginho Herval (Bateria, voz e vocais), Nando (Baixo, voz e vocais), Kiko (Guitarra, violão e vocais), Ricardo Feghali (Piano, teclado, guitarra, violão, voz e vocais) e Cleberson Horsth (Piano, Teclado e vocais) formavam a banda que editou um álbum por ano até 1985 e todos eles traziam somente o nome do grupo. Em 1984 tiveram o mega hit Whisky a go go de Michael Sullivan e Paulo Massadas, que foi o tema de abertura da novela da Globo Um Sonho a Mais e é até hoje um dos temas mais pedidos pelo público e um sucesso em qualquer bar ou danceteria que comece a tocar.


A relação do grupo com as novelas (não somente as da Globo, já que tiveram também temas em novelas da Rede Manchete) foi uma constante, algumas tinham até mais de uma música dos Roupa Nova, prova de que as canções da banda iam ajudar no decorrer da história a transmitir algo ao público.

Em 1984 a música Dona, que era passada em Roque Santeiro, tornou-se uma canção romântica por excelência e uma das mais escolhidas nos programas de discos pedidos e Portugal não foi excepção nisso. Ainda nos anos 80, estreitaram a sua ligação com a Rede Globo com aquela que se viria a tornar a música de abertura para as transmissões de Fórmula 1 daquele canal, o Tema da Vitória que viria a ficar para sempre associada às vitórias do malogrado Ayrton Senna.

Os anos 90 voltaram a ter sucessos do grupo em novelas, em Felicidade de 1991 tiveram o tema Felicidade do genérico e o Começo, meio e fim do casal principal da trama. Em 1995 foi Ibiza Dance para Explode Coração que conquistou o público, ganhando até uma versão remix. Pelo meio, em 1992, os Roupa Nova lançaram um disco com as suas músicas mas em Espanhol, sendo que em 1995 lançam um best of mas só dos temas das novelas.



O disco de maior sucesso do grupo saiu em 1985, com músicas como  "Dona", "Seguindo no trem azul", "Linda Demais", "Sonho" e "Show de rock'n roll", vendendo mais de 2 Milhões de discos.

Foram sempre respeitados dentro do meio e são dos grupos com mais colaborações com outros artistas, nacionais e internacionais. Commodores, Roberto Carlos, Rita Lee, Joanna e Ivete Sangalo são apenas alguns dos nomes que colaboraram com a banda carioca.

Nunca perdendo fôlego, entraram no Século XXI com mais temas de novelas e decidiram criar um selo próprio onde lançaram o excelente DVD Roupa Nova em Acústico, que provou ser um sucesso e originou um segundo volume que vendeu mais de 70 Mil cópias numa semana. Isso fez com que um novo público ficasse a conhecer o talento da banda, existiu uma renovação de ouvintes e começaram a aparecer adolescentes nos seus espectáculos.

Começaram também a aparecer em mais programas de televisão e tornando-se assim de novo um sucesso para uma nova geração. Com mais de 30 anos de carreira, e com a formação original, eles continuam aí em actividade e com algumas músicas que todos gostam de ouvir.









Enviar um comentário Blogger