0


Um dos programas míticos da nossa infância, todos que foram crianças nos anos 70 e 80 lembram-se com certeza do Cinema de Animação do Vasco Granja, um programa que nos dava desenhos animados fora do comum mas que até conquistavam muitos corações e ficaram na memória de todos.

 O programa Cinema de Animação foi idealizado por Vasco Granja, sendo ele a escolher e a coordenar o que passava nele e também a condução e apresentação do programa que fez a delícia de muitas crianças por quase duas décadas. Estreou na RTP em 1974, tendo estado no ar até 1990, recebendo vários prémios e distinções e tornando o apresentador uma das figuras incontornáveis do nosso audiovisual.

Foram mais de mil programas onde aprendemos algumas coisas da Europa de Leste, de onde vinha muito do material que era mostrado neste programa, afinal Granja acreditava que a mensagem que alguns deles transmitiam ajudava a desmistificar a ideia que se tinha dos países comunistas.



Lápis Mágico, Professor Baltazar, Pantera Cor de Rosa, Looney Tunes, Tex Avery são apenas alguns dos muitos desenhos que pudemos ver neste programa, por vezes acontecia muita coisa surreal da Europa de Leste onde ficávamos a ansiar pela palavra Koniec para depois podermos ver os Americanos que tanto queríamos.

Com isto tudo Vasco Granja chegou a ir para júri de um festival de animação em Zagreb, na antiga Jugoslávia. A verdade é que gostávamos de alguns desses desenhos, que nunca veríamos na nossa vida, não fosse pela mão do apresentador.

Granja era como se fosse um tio nosso, ficávamos a espera da sua visita e dos "presentes" que ele trazia, mesmo que para isso tivéssemos que aturar as suas histórias um pouco chatas. Acho que é uma boa analogia para muitos que viram este programa.











Enviar um comentário Blogger