0

Voltamos às Memórias dos Outros, com a estreia do Paulo Costa nestas andanças e que nos vai levar a uma pequena viagem por um dos géneros musicais mais importantes nos anos 90, o Eurodance, Nesta primeira incursão irá nos dar a conhecer três artistas bem conhecidos desse género, os Double You, o ICE MC e a Alexia.

Entre o final dos anos 80 e o início dos anos 90, vários projetos de música de dança eletrónica começaram a tornar-se famosos um pouco por toda a Europa. Itália, onde o disco nunca morreu, transformando-se em italodisco e hi-nrg, foi um viveiro de artistas de eurodance, popularizando até muitos cantores e compositores nascidos noutros países. Double You, Ice MC e Alexia vieram todos da mesma cantera, com as suas músicas lançadas pela editora do produtor e compositor Roberto Zanetti, a Dance World Attack (DWA).

Zanetti começou a sua carreira nos anos 80 na banda Taxi, com Zucchero, mas depois tornou-se um prolífico produtor e cantor, lançando várias faixas e albuns com o nome Savage. As suas músicas mais famosas foram “Don't Cry Tonight”, “Only You” e uma versão do tema “I Just Died in Your Arms”, dos Cutting Crew. Não tenho qualquer lembrança do projecto e não sei se as músicas dele chegaram a Portugal. Em todo o caso, quando passou definitivamente para o outro lado do vidro no estúdio de gravação, o projecto Savage ficou na prateleira (voltando apenas em 2009) e Zanetti adoptou o nome Robyx.



O primeiro projeto de sucesso da DWA foi do rapper britânico Ian Campbell, mais conhecido como Ice MC. Campbell nasceu a 22/3/1965 em Nottingham, filho de pais jamaicanos, começando a sua carreira numa trupe de breakdancers. Uma passagem por Itália permitiu-lhe conhecer Robyx em 1989 e o seu primeiro single foi a música “Easy”, um tema de hip-house, semelhante ao que faziam artistas como Milli Vanilli, Prince Ital Joe ou MC Sar & The Real McCoy, que chegou ao número 3 no Top 40 alemão. Seguiram-se as músicas “Cinema” (com a famosa introdução “John Wayne, Eddie Murphy, Alain Delon, Mickey Rourke, Woody Allen, Sean Penn, Marilyn Monroe”, seguindo-se uma data de 'whoo's repetidos e o recitar contínuo de vários artistas de cinema) e “OK Corral”.

Em 1993, Robyx transformou o projecto definitivamente em eurodance, com Campbell a cantar num ritmo ragga em patois jamaicano em vez de inglês e a introdução de vozes femininas no refrão. O primeiro tema desta nova direcção foi “Take Away the Colour”, já com a participação de Alexia, que foi substituída por videoclipe por uma modelo. Mas a cantora italiana já apareceu no videoclipe da faixa mais conhecida de Ice MC, “Think about the Way”, conhecida pela introdução do cantor a cantar “Boom-diggy-diggy-diggy-boom-diggy-boom”, que chegou a nº 3 na Itália e Bélgica e foi um sucesso por toda a Europa. “It's a Rainy Day” veio logo a seguir e passou pelo nº 1 na Itália. Mas a relação entre Campbell e Zanetti tinha-se deteriorado e não houve mais singles novos. O produtor tentou manter o controlo sob a marca registada mas Campbell conseguiu levar o nome Ice MC para a Alemanha, tentando relançar a sua carreira com os produtores conhecidos como Masterboy, sem sucesso. Zanetti não se importou, pois ainda lançou algumas remisturas dos êxitos e tinha à sua disposição o que via como o verdadeiro sucesso da fase final da colaboração: a cantora Alexia.



Os Double You foram fundados nos anos 80 pelos músicos Franco Amato e Andrea de Antoni e pelo cantor William Naraine, de dupla nacionalidade italiana e britânica, mas de origem indiana. Naraine,que era a cara do projecto, nasceu em Londres a 29/12/1965. A banda conheceu Robyx em 1991 e rapidamente foram para o estúdio para gravar o primeiro single,aquele que ainda hoje é o mais conhecido tema do grupo italiano, “Please Don't Go”. O tema foi originalmente gravado pelos KC & The Sunshine Band, e os Double You viriam a regravar num estilo electrónico muitas versões, incluindo “Who's Fooling Who” dos One Way, “With or without You” dos U2, “Part-Time Lover” de Stevie Wonder e “Heart of Glass” dos Blondie. Mas nenhum igualou “Please Don't Go”, que chegou ao número 1 das tabelas de venda na Bélgica e Holanda e ao número 2 na Áustria, França e Suíça.

Vários outros singles foram aparecendo nos tops durante os anos seguintes, até porque os Double You eram bastante prolíficos,gravando quatro álbuns durante os anos 90, operando sobre uma grande variedade de pseudónimos, como era comum na época, mas depois do single “Run to Me” a sua popularidade começou a baixar, e nem algumas participações vocais de Alexia e Sandy fizeram virar a maré. Andrea de Antoni saiu do grupo e foi substituído por Ilaria Godani, mantendo o grupo vivo, que continuou popular no Brasil. Naraine e os seus colegas continuaram a lançar música, incluindo o habitual single de remisturas, no 10º aniversário de “Please Don't Go”, e uma versão de “Everything I Do” de Bryan Adams, mas nunca mais ressuscitaram o sucesso anterior.




Alexia é o nome artístico de Alessia Aquilani, que nasceu em La Spezia a 19/5/1967. Aquilani começou como cantora de estúdio nos álbuns produzidos por Zanetti, que tentou iniciar a carreira a solo da cantora no final dos anos 80, com algumas faixas de italodisco com os nomes Lita Beck, West Virginia, Two For Love e Alexia Cooper. Mas foi a participação de Aquilani, como cantora e compositora, nalgumas faixas de Double You, Babyroots e Ice MC, especialmente “Think About the Way”, que convenceu Robyx a apostar nela novamente. O primeiro single foi “Me and You”, que ainda contou com um cameo vocal de William Naraine (creditado como Double You) para servir como rede de segurança, mas não foi necessário. O tema foi número 1 em Itália e Espanha e foi o primeiro de muitos.

Summer Is Crazy” e “Number One” vieram logo a seguir, num registo idêntico, bastante energético, mas as músicas de Alexia não cansavam e a capacidade vocal da artista italiana notava-se sem ser necessário o recurso a vocoders, como era comum no eurodance. Ainda no primeiro álbum, o tema “Uh La La La”, com misturas de dance-pop e euro-reggae, foi o primeiro da cantora a entrar no difícil Top 40 britânico, subindo até ao número 10. Os subsequentes “Gimme Love” e “The Music I Like” começaram a indicar mudanças na direcção artística da cantora, ainda que tenha coleccionado mais números 1 na tabela de vendas. Após o seu terceiro álbum de originais, Alexia deixou Robyx e a música de dança para trás e passou a cantar exclusivamente em italiano, começando com o tema “Ti Amo Ti Amo”, e deixou de ser exportada para fora do seu país natal.













Texto de Paulo Costa, jornalista da Autosport

Enviar um comentário Blogger