0

Continuam a existir pistolas de água, mas agora são quase sempre muito sofisticadas, lembro-me das simples bisnagas a imitar uma pistola pequena, e a qual usávamos para batalhas bem divertidas no Carnaval. Isso, em conjunto com os Balões de água, tornavam este período festivo bem molhado, isto quando não chovia durante essa época, como por vezes acontece.

Compravam-se destas simples bisnagas um pouco por todo o lado, desde papelarias a supermercados, tudo tinha estas simples pistolas (quase sempre numas cores muito berrantes), as quais tínhamos somente que encher com água para depois nos divertirmos. Muitas vezes eram até os nossos familiares mais velhos que nos ofereciam, viam nisso um divertimento inofensivo, mesmo quando por vezes eram eles os nossos alvos.

A coisa atingia outros níveis com os balões de água, isto porque podíamos ser vítimas de ir na rua e levar com um balão de água de alguém, que estava à janela, só à espera do momento certo para atirar um para cima de alguém. Outro momento desagradável que acontecia muito era quando se ia no autocarro e atiravam um contra a janela (ou pior quando era um ovo), e pior era aqueles que eram maldosos e punham outras coisas como lixívia ou assim dentro do balão.

Preferia as simples bisnagas, até porque depois até dava para matar a sede também, bastava metermos a pistola na boca e disparar algumas vezes lá para dentro.










Enviar um comentário Blogger