0

Nunca fui muito fã de Palhaços, mas na década de 80 havia uma dupla que fazia muito sucesso entre a pequenada, o Croquete e o Batatinha. Falarei aqui um pouco da memória que tenho da personagem interpretada por António Assunção.

O palhaço Croquete era o alter ego do actor António Assunção, um profissional do ramo que sempre se sentiu atraído por esta vertente da vida circense e começou a exercer a actividade na década de 70, depois de ter sido convidado por um amigo para fazer uma pequena actuação numa festa num Hotel conhecido de Lisboa. A sua perfomance foi um sucesso, e chamou a atenção de um colega palhaço com o qual viria a formar uma dupla que iria apaixonar Portugal.

António Branco interpretava o palhaço Batatinha, e como tinham a felicidade de viverem na mesma terra (naturais de Cascais), foram afinando as actuações e criando uma cumplicidade que fez a dupla crescer e fazer espectáculos por todo o nosso País. Foram cinco anos de enorme sucesso, com programas regulares na RTP e presenças obrigatórias em toda a festa infantil que quisesse ter sucesso.


Palhaços à solta (1980), Croquete e Batatinha, Férias em Festa ou Circoflê (1983) foram alguns dos programas da dupla que se separou em 1986 para surpresa de todos e enorme desgosto para António Assunção. Nunca se soube bem as razões para esta separação, mas era óbvio de quem tinha partido essa decisão e que se veio a mostrar na carreira meteórica que o Batatinha teve após essa separação.

Croquete esteve mais afastados dos holofotes mas nem por isso da carreira de Palhaço, onde continua a ser um nome respeitado e em actividade (já com mais de 30 anos de carreira) participando em diversas festas e espectáculos quer da sua terra Natal quer em outras localidades onde tenham saudades daquele que nos fez companhia durante tanto tempo.

Editou vários discos e ganhou por isso a alcunha de Palhaço Cantor, tendo também ainda feito algumas pequenas participações como actor em algumas produções da TVI como a novela Doce Fugitiva. Como disse nunca fui fã de palhaços, mas como filho de Cascais, tive em muita festa que tinha o Palhaço Croquete como principal atracção e apesar de não apreciar, não deixo de respeitar todo o seu esforço e profissionalismo.








Enviar um comentário Blogger