1

Nos Verões dos anos 90, Portugal era quase sempre vítima de uma febre com origem Brasileira/Latina que durava o Verão todo, e em 96/97 foi o cantor Netinho que dominou os tops com a sua música, Milla.

Ernesto de Souza Andrade Júnior nasceu em Santo António de Jesus no Brasil em 1966, tendo adoptado o nome de Netinho quando decidiu entrar no mundo musical. Demonstrando desde cedo um grande interesse pela música, foi em 1984 que resolveu dedicar-se a sério nessa carreira, depois de ter estado num Carnaval onde ficou apaixonado pelo Trio Eléctrico.

Aos 22 anos era o vocalista da banda Beijo, que começaram a ser ouvidos um pouco por todo o País aparecendo até no programa Domingão do Faustão e tendo um grande êxito com a música "Beijo na Boca". Em 1994 lançou-se a solo, sendo bem sucedido e chegando ao seu primeiro disco de Platina no Brasil, sendo também um sucesso no resto da América Latina.

O oitavo disco da sua carreiram intitulado “Netinho ao Vivo!”, trouxe-lhe o seu maior hit, “Milla”. Gravado em Aracaju em 96, a canção foi cantada por todo o Brasil, bateu recordes de execução e foi regravada em mais de oito línguas, incluindo o Russo. Em Portugal a coisa não foi diferente e a presença do Cantor fez-se sentir nesse Verão, ajudando a que a música dominasse os tops e as rádios por cá, com ele a marcar presença nos programas de sucesso da altura. Em altura de Mundialitos de Praia e afins, era comum que a música fosse cantada por todos na praia e transformasse qualquer local numa verdadeira festa cheia de alegria.


Quem não se recorda da letra?


Oh Milla, mil e uma noites de amor com você,
Na praia, num barco, num farol apagado 
Num moinho abandonado, 
Em mar grande, alto astral,
Lá em Hollywood pra de tudo rolar,
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar,
Eu e você, na ilha do sol
Na ilha do sol

Tudo começou a um tempo atrás
Na ilha do sol
O destino te mandou de volta para o meu cais
(bis)

No coração ficou lembranças de nós dois,
Como ferida aberta, como tatuagem
Oh Milla, mil e uma noites de amor com você,
Na praia, num barco, num farol apagado 
Num moinho abandonado, 
Em mar grande, alto astral,
Lá em Hollywood pra de tudo rolar,
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar,
Eu e você, na ilha do sol

Tudo começou a um tempo atrás
Na ilha do sol
O destino te mandou de volta para o meu cais
(bis)

No coração ficou lembranças de nós dois,
Como ferida aberta, como tatuagem
Oh Milla, mil e uma noites de amor com você,
Na praia, num barco, num farol apagado 
Num moinho abandonado, 
Em mar grande alto astral,
Lá em Hollywood pra de tudo rolar,
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar,
Eu e você, na ilha do sol
na ilha do sol
(bis)






Enviar um comentário Blogger