1

A novela Mulheres de Areia foi um remake da Rede Globo, que teve algum sucesso no Brasil e em Portugal e onde Marcos Frota fez um dos melhores papeis da sua vida.

Mulheres de Areia foi transmitida pela Rede Globo entre 1 de Fevereiro e 25 de Setembro de 1993, teve 201 capítulos e foi transmitida no horário das 18 horas. Por cá foi transmitida pela SIC em pleno horário nobre em 1995, conquistando também o nosso País com a actuação de Glória Pires como 2 gémeas.


O jovem Marcos Assunção (Guilherme Fontes) regressa à cidade de Pontal D'Areia para auxiliar nos negócios da sua família, mas ele acaba por conhecer e se apaixonar pela doce Ruth (Glória Pires), filha de uma família de pobres pescadores, uma jovem honesta, sincera e amorosa. O problema é que ele acaba se envolvendo com Raquel, a irmã gêmea de Ruth que é o oposto da sua irmã, é uma mulher cruel, falsa, seca e que só ambiciona ter uma prestigiada posição social e muita fortuna em suas mãos.

Ao perceber que a sua irmã está gostando do rapaz e vice versa, ela rapidamente o seduz e eles passam a namorar apesar dela manter um caso com Wanderley (Paulo Betti), um homem mau-carácter e que, como Raquel, faz tudo ao seu alcance para conseguir o que deseja. Um dos maiores destaques da novela pertencia a Marcos Frota, no papel do doente mental Tonho da Lua, o protegido de Ruth por quem ele tem uma paixoneta. Mesmo deficiente, ele é famoso por esculpir mulheres nas areias da praia e é incentivado por Ruth a desenvolver o seu talento, a se tratar e a ter uma carreira artística, mas ele sofre com as terríveis humilhações, perseguições e com as maldades da monstruosa Raquel.


Virgílio Assunção (Raul Cortez), o pai de Marcos, não aceita o namoro dos dois já que desconfia das intenções de Raquel. Ele é um homem prepotente e sem escrúpulos, que quer fazer de Pontal D'Areia um centro turístico (ele é o dono do maior hotel da cidade), mas tem que lidar com o prefeito da cidade, o ambientalista Breno (Daniel Dantas), que proíbe banhos de mar devido à poluição perigosa. A população da cidade fica dividida com isto, mas Breno tem uma forte aliada em Tônia (Andréa Beltrão), uma comerciante local.

Ruth vai sofrendo calada com o casamento da sua irmã Raquel, estando decepcionada com ela por ter conquistado Marcos mesmo sabendo que ela era apaixonada por ele. A história tem uma reviravolta quando as gémeas sofrem um acidente no mar, apanhadas numa tempestade que vira a canoa delas e Raquel é dada como morta durante esse acidente. Ruth, a única resgatada do acidente, fica um tempo em coma e é nessa altura que Tonho convence todos de que ela é que é a Raquel.

Assim, depois de recuperada, ela assume a identidade da irmã para poder ficar ao lado do homem que ama e ao lado dele viver dias de amor. Ela faz isso para que ele não sofra pela morte de Raquel, pois Ruth acha que ele gosta dela de verdade e continua a viver essa mentira apesar de odiar mentir acima de tudo no mundo. Mas o que ela não sabe é que Marcos ama Ruth também e o pior é quando de repente percebe-se que a maquiavélica Raquel não morreu e volta querendo ter tudo que era seu de volta, nem que para isso ela tenha que matar. Seu principal objectivo será destruir a sua irmã, que tomou seu lugar, e acabar com toda a família Assunção, para ter todo o dinheiro em suas mãos.

A novela tinha uma forte componente dramática, apesar de ter alguns momentos de humor, e todo o aparato nas gravações das cenas em que Glória Pires tinha diálogos e confrontações com a sua "irmã", deixavam todos nós espantados já que a interpretação da actriz era fenomenal e não deixava nada ao acaso em matéria de continuidade de cenas.

Foi uma das novelas mais fortes da Globo no horário das 6 horas da tarde, tendo sempre grandes números de audiência, superiores a muitas das novelas das 8 na história do canal.










Enviar um comentário Blogger